Procuramos Vegetarianos de há Cem Anos

Um dos objetivos do Projeto é reconstituir a história da Sociedade Vegetariana de Portugal, fundada em 1911, e estudar O Vegetariano, uma revista publicada mensalmente pela Sociedade entre 1909 e 1935. Pretendemos, para além disso, conhecer a atividade de todas as outras associações vegetarianas constituídas em Portugal no primeiro quartel do século XX e perceber possíveis influências ou interações com associações estrangeiras congéneres. Para o fazermos, necessitamos, contudo, da ajuda da comunidade não-académica capaz de nos dar informações sobre os nossos antepassados vegetarianos.

 

 


Estamos a estudar estes vegetarianos para compreendermos a revolução a todos os níveis que pretendiam então realizar a partir da alimentação – desde a libertação da mulher à reestruturação da sociedade com base numa relação transformadora entre os seres vivos humanos e não-humanos e a natureza. Estamos também interessados em compreender de que forma foi construído este movimento, como é que a rede se estendeu primeiro por todo o território nacional para em breve alcançar o Brasil e as antigas colónias portuguesas. Queremos perceber como se fazia então “comunicação de ciência” e estudar as tabelas nutricionais que sustentavam o argumento de que a dieta prescrita asseguraria uma vida mais saudável (e pretendemos por isso medir a longevidade dos nossos antepassados vegetarianos). Queremos evidenciar a utilidade de uma visão holística da alimentação, isto é, da consideração de todas as implicações (sociais, económicas, políticas, religiosas, culturais, …) daquilo que comemos para a construção de sociedades inclusivas.

A Alimentação como Utopia

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now