Veja os nossos posters e vídeos, selecionando as subpáginas da exposição no menu principal!

Sinopse

O vegetarianismo é comummente visto como um tópico bastante recente em Portugal. No entanto, o início do século XX foi marcado por uma extensa discussão sobre o assunto, promovida principalmente por duas sociedades portuguesas, uma com sede em Porto (Sociedade Vegetariana de Portugal, fundada em 1911) e a outra em Lisboa (Núcleo Naturista de Lisboa, fundada em 1912, que deu lugar à atual Sociedade Portuguesa de Naturologia).

 

Além de um número significativo de livros que foram publicados, o mensário O Vegetariano, que contou com mais de 3.500 subscritores entre 1909 e 1935, atuou como uma plataforma para a promoção da ideia de que o vegetarianismo seria a solução para todos os problemas sistémicos existentes. Efetivamente, ser vegetariano implicava mais do que apenas uma questão de saúde ou de dieta; implicava todo um modo de vida que incorporava ideais éticos, políticos e sociais que podemos considerar utópicos.

É a história de nossos antepassados ​​vegetarianos - especialmente do grupo do Porto - que queremos divulgar e contar numa exposição que se desenvolve em nove painéis e doze vídeos dedicados às temáticas: 1. Os Fundadores; 2. O Vegetarianismo como Utopia; 3. A Mensagem Vegetariana; 4. A Rede Vegetariana; 5. As Influências; 6. A Mulher Vegetariana; 7. A Culinária Vegetariana; 8. A Comunidade Leitora e 9. Epílogo.

Ficha Técnica

Conteúdos Científicos 

Painéis: Fátima Vieira e Joana Caetano (Univ. Porto)

Vídeos: José Eduardo Reis (UTAD), Fátima Vieira e Joana Caetano (Univ. Porto)

Audiovisuais

Painéis: Mariana Oliveira (Univ. Porto)

Catálogo (versão inglesa): Mariana Oliveira (Univ. Porto)

Vídeos: Natacha Oliveira (Univ. Católica Portuguesa)

Colaboração Especial

Márcia Tentúgal (Vegana by Tentúgal, Porto)

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now